A Vaca

 

Algum tempo atrás, estava passando por uma área rural aqui da cidade e no trajeto, que margeava um pasto, havia uma vaca, sim uma vaca, do lado de fora da cerca, parei para observar o bicho por um momento e depois segui lentamente para não assustá-la. Observando o contexto, era possível ver que tinham mais vacas do lado de dentro mas la longe, no meio do pasto. Fiquei intrigado porque, a vaca que estava do lado de fora, estava bem próximo da cerca, olhando as outras, era como se estivesse desejando ir lá com elas. E, não fosse o suficiente, ela eventualmente enfiava a cabeça pela cerca e comia capim que estava do lado de dentro. Me perguntei, por que sera que ela não comia os capins exuberantes e bonitos que estavam do lado de fora e perto dela? Perguntei ainda o por que dela querer ir ter com as outras vacas? Elas estavam presas, e ela não. Tinha um mundo inteiro de capins suculentos ao seu alcance. Claro, não tive resposta para nenhuma pergunta, e ela continuava ali, parada olhando as amigas ao longe. Segui meu caminho inconformado, mas não julguei muito, afinal, era apenas uma vaca. Porém, vendo a imagem dela sumindo pelo retrovisor e olhando mentalmente para frente, para meu futuro, uma pergunta começou a perfurar minha mente, o quão “vaca” eu era? Na época estava trabalhando em um projeto particular que iria exigir uma certa dose de coragem, e a pergunta toda era, quando eu sair pela minha “cerca”, será que terei mais coragem que esta vaca?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: