Pensamento sentido ou sentimento pensado?

Alberto Caeiro, heterônimo de Fernando Pessoa, disse que “pensar é estar doente dos olhos *”. Ele diz isso para nos incitar a pensar menos e sentir mais, observar mais, julgar menos e viver mais, em resumo, sentir é essencial, pensar também. Infelizmente, atualmente poucas pessoas praticam as duas coisas. Vamos lá, exercitemos nossas capacidades de sentir e pensar, vamos viajar mais, conhecer novas pessoas, observar novas paisagens, debater novas ideias, ler mais,vamos cuidar daquilo que realmente faz sentido e importa, nós, de nossa curta existência.

vespa

Para incentivar quem deseja praticar, segue o belíssimo texto de Cazuza, que como ninguém, soube pensar e sentir muito bem, não só a própria existência mas, em muitos momentos, também sentiu e pensou o drama da existência humana e nossas deficiências, nossas dificuldades. Como forma de ajudar a minimizar nossas dores e maximizar nossas alegrias, Cazuza nos deixou uma obra de valor inestimável em sua plenitude e o texto “Poema” faz parte deste conjunto. Esse texto Cazuza fez para sua avó materna, quando ela faleceu, e que ficou perdido por muito tempo em suas coisas, sendo encontrado somente após a morte dele. A mãe dele, dona Lucinha Araújo, encontrou o texto e deu para Ney Matogrosso. O Ney pediu então ao Frejat que musicasse, ele, o Ney, gravou e lançou em 1999 no album “Olhos de Farol”. É simplesmente lindo!

*Alberto Caeiro, in “O Guardador de Rebanhos – Poema II”

Poema

De Cazuza com interpretação de Ney Matogrosso e arranjo de Frejat.

Eu hoje tive um pesadelo e levantei atento, a tempo
Eu acordei com medo e procurei no escuro
Alguém com seu carinho e lembrei de um tempo
Porque o passado me traz uma lembrança
Do tempo que eu era criança
E o medo era motivo de choro
Desculpa pra um abraço ou um consolo

Hoje eu acordei com medo mas não chorei
Nem reclamei abrigo
Do escuro eu via um infinito sem presente
Passado ou futuro
Senti um abraço forte, já não era medo
Era uma coisa sua que ficou em mim

De repente a gente vê que perdeu
Ou está perdendo alguma coisa
Morna e ingênua
Que vai ficando no caminho
Que é escuro e frio mas também bonito
Porque é iluminado
Pela beleza do que aconteceu
Há minutos atrás

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: